“A internet vai acabar em 2024”? Entenda a verdade por trás deste boato.

Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais:

Você já deve ter lido por aí um boato que anda assustando os internautas desde o ano passado, falando que em 2024 a internet vai acabar.

Isso, por causa de uma tempestade solar que iria interferir em tecnologias e causar um blackout mundial, afetando, principalmente, a navegação. Mas será mesmo que a internet vai acabar?

O que é tempestade solar?

A tempestade solar, também conhecida como tempestade geomagnética, é como chamamos um fenômeno que acontece no sol.

São ventos e erupções na superfície solar que provocam a emissão de partículas carregadas de radiação e podem afetar os planetas mais próximos, inclusive a Terra.

Imagem ilustrativa de uma erupção solar. Fonte: Brasil Escola.

Agora, você deve estar se perguntando: “mas o que o sol tem a ver com a internet acabar?”

Resumindo, as partículas radioativas liberadas pelas manchas solares, causam interferência no campo magnético da Terra.

Quando muito intensa, a explosão pode prejudicar o funcionamento de satélites, eletricidade e outras telecomunicações em geral. É aí que entra o boato de que “a internet vai acabar”.

Mas afinal, a internet vai acabar em 2024?

Você percebeu algo estranho ao usar sua internet nos dias 10, 11 ou 12 de maio?

Segundo divulgação da NASA, foi nesses dias que aconteceu a tempestade solar tão esperada que, para a surpresa de quem andou dizendo que a internet vai acabar, não parou com a internet.

Bom, pelo menos quem tem Ibi Internet, continua navegando sem problemas!

Promo das Promos Ibi
Contrate 650 mega e navegue com 850 mega até o final de novembro

A tempestade geomagnética de maio foi considerada uma das grandes desde a última, ocorrida em 2003. Apesar de não ter afetado a nossa internet, causou, sim, alguns efeitos visíveis em nosso planeta.

O Observatório Solar da Nasa capturou duas explosões solares em 10 e 11 de maio de 2024. A imagem mostra um conjunto de luz ultravioleta que destaca o material extremamente quente do fenômeno. Fonte: CNN Brasil

Um exemplo de reação à tempestade é a aurora boreal, ou aurora polar, que pôde ser vista de diversos locais do mundo, com mais cores e intensidade do que o normal. 

As luzes, que são um verdadeiro espetáculo noturno nas regiões localizadas dentro do Círculo Polar Ártico, são causadas pelo impacto do vento solar com nossa atmosfera, absorvido pelo campo magnético que envolve a Terra.

Aurora boreal vista no Museu Nacional de Edimburgo, na Escócia, no primeiro dia da tempestade solar, dia 10 de maio de 2024. Fonte: G1 

É isso mesmo que você entendeu! 

As auroras boreais, tão comuns no Hemisfério Norte, são resultados da explosão de manchas no sol. Ou seja, pode todo mundo ficar tranquilo, pois essas interferência solares são comuns de acontecer. 

O que ocorre de tempos em tempos é a explosão mais intensa, como a que aconteceu neste ano. Nesses casos, pode ser que a interferência solar gere uma queda na internet, mas basta reiniciar o modem e tudo volta ao normal. 

A única coisa que você vai realmente sentir diferente durante todo o período que o sol estiver mais “agitado”, é o calor (menos para quem é do Leste Mineiro e Vale do Aço, que já é amigo chegado do astro-rei).

Descubra como melhorar a qualidade de sua internet de forma rápida e prática. Clique aqui!

Evento Carrington: a maior tempestade solar da história

Como já vimos, a interferência solar é algo comum, que pode acontecer quase todos os dias, mas em proporções menores.

O ano de 2024 entra na história das tempestades solares por causa da intensidade prevista para o acontecimento, mas não foi a maior que já ocorreu. 

Em 1859, no auge do ciclo solar, a erupção das manchas solares atingiu a magnetosfera da Terra e causou a maior tempestade geomagnética já registrada até então.

Um dos resultados foi a anomalia no funcionamento de telégrafos - equipamento usado para o envio de mensagens na época. Os relatos vão desde choques até faíscas e fogo saindo dos aparelhos.

Manchas solares desenhadas por Carrington em 1º de setembro de 1859 (Imagem: Reprodução/Royal Astronomical Society). Fonte: CanalTech

O fenômeno ficou conhecido como Evento Carrington, por causa do astrônomo Richard Carrington, o primeiro a observar o avanço da mancha solar que causou a tempestade.

Quem sabe não foi essa história que convenceu os espalhadores de boatos de que a internet vai acabar…

O mundo sem internet

Você já imaginou um evento como o de Carrington acontecendo nos dias de hoje?

Naquela época, a tecnologia não era tão avançada e a sociedade não dependia tanto dela. Hoje, uma tempestade daquela não faria apenas a internet acabar, mas o mundo inteiro.

GPS, máquinas, aparelhos celulares, meios de comunicação; informações circulando através de satélites, serviços prestados por tecnologias, eletricidade em cada casa, estabelecimento, hospital etc. Tudo isso pararia, gerando um prejuízo difícil de calcular.

Mas calma, estamos aqui para te tranquilizar!

Segundo Joaquim Costa, gerente do Programa de Clima Espacial - EMBRACE, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), eventos do mesmo porte de Carrington são raros, então os riscos da internet acabar ou do mundo parar também são mínimos.

Por que a internet para ou cai?

Existem muitos fatores que podem interferir no sinal da internet dentro e fora das nossas casas.

Excesso de barreiras, muitos dispositivos conectados ao mesmo tempo, aparelhos que não suportam a tecnologia ou a distância entre os aparelhos conectados e o roteador são alguns dos principais problemas na conexão.

Além disso, diversos fatores externos, como tempestades - não as solares ;-) - e quedas de energia, também podem resultar na falha da internet. Um exemplo disso são as chuvas intensas do final de janeiro deste ano.

Em muitos municípios do Leste Mineiro, Vale do Aço e demais regiões mineiras, as chuvas intensas, ventanias e raios derrubaram postes, arrancaram fios e deixaram cidades inteiras sem energia.

E isso interferiu, também, no fornecimento de internet neste período!

Clique aqui para conferir também: Chuva interfere na internet?

Mas e aí? A internet vai acabar?

Então, não podemos negar a interferência dos fatores externos no fornecimento de internet. Mas a boa notícia é que já podemos concluir que sua internet não vai acabar. Ufa!

E, se acontecer da internet cair, o ideal é você observar de onde vem o problema e contar com o seu provedor para solucionar.

Com a Ibi, você tem garantia de internet de qualidade e suporte que não te deixam na mão!

No Leste Mineiro, Vale do Aço, Caratinga e Juiz de Fora, nossos clientes Ibi contam com aparelhos modernos de última geração e infraestrutura de primeira para oferecer um serviço mais estável e veloz na conectividade.

A Ibi investe constantemente na qualidade dos seus equipamentos, para se precaver ao máximo das interferências externas. Confie em quem investe em qualidade!

Temos vários pacotes de internet com benefícios que cabem no seu bolso. Clique aqui e descubra o melhor para você!

Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais:
Suporte Técnico
Iniciar conversa
Contratar
Olá 👋 Quer CONTRATAR seu plano de internet FIBRA ÓTICA? Fale comigo!