Golpes na Internet! Como se proteger?

Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais:
Cuidado com os golpes virtuais!

Você já reparou na quantidade de golpes na internet têm acontecido, ultimamente? Desde o início da pandemia do novo coronavírus no Brasil, em 2020, temos acompanhado um aumento significativo na utilização da internet, principalmente em dispositivos móveis.

Isso se reflete, principalmente, no crescimento da utilização das redes sociais, como Facebook, Instagram e WhatsApp, e também nas compras online.

Porém, com o crescimento do acesso à internet, houve também o aumento do número de casos de golpes e fraudes feitas de maneira virtual.

Quais os principais golpes aplicados na internet atualmente?

Infelizmente, existem muitos golpes na internet atualmente. Seja através do e-mail, das redes sociais ou mesmo dos anúncios nas páginas de busca. Por esta razão é importante conhecer esses golpes para ficar atento!

Phishing, tipo de golpe virtual onde o golpista tenta obter informações pessoais do destinatário.

Dentre os golpes mais praticados através da internet, estão:

  1. Phishing: 

O phishing (que,  uma tradução literal significa “pescaria”) é uma espécie de estelionato que envolve o envio de e-mails falsos, que parecem ser de uma empresa ou organização legítima, mas na verdade são uma tentativa de obter informações pessoais do destinatário, como senhas ou números de cartão de crédito.

Esse tipo de golpe também é muito comum em redes sociais, incluindo o Instagram. Os golpistas criam perfis falsos e enviam mensagens diretas (DMs) para os usuários, fingindo ser de uma empresa legítima ou de alguém conhecido. Eles pedem informações pessoais, como senhas, números de cartão de crédito ou endereços de e-mail, e usam essas informações para roubar identidades ou cometer fraudes.

  1. Ransomware: 

O ransomware é uma espécie de rapto ou sequestro de informações. Este é um tipo de malware que infecta seu computador e criptografa seus arquivos, exigindo que você pague um resgate em troca da chave para descriptografar seus arquivos.

  1. Scams de suporte técnico: 

Um scam de suporte técnico é uma fraude na qual os golpistas se passam por representantes de empresas de tecnologia ou suporte técnico para enganar as vítimas e obter acesso remoto aos seus computadores ou informações pessoais. 

Os golpistas geralmente entram em contato com as vítimas através de telefonemas, mensagens de texto, e-mails ou pop-ups em sites, alegando que há um problema com o computador ou que há uma ameaça à segurança do sistema. 

Eles, então, convencem a vítima a fornecer informações pessoais ou a instalar um software malicioso que permite o acesso remoto ao computador. Uma vez dentro do computador, os golpistas podem roubar informações pessoais, instalar malware ou ransomware, ou exigir pagamento para "consertar" o problema. 

  1. Golpes de extorsão: 

Os golpes de extorsão na internet são uma forma de fraude que envolve a ameaça de divulgação de informações pessoais ou constrangedoras da vítima, a menos que ela pague um resgate aos criminosos. 

Esses golpes podem assumir diversas formas, mas geralmente seguem alguns padrões comuns:

  • Golpe do sextortion: os criminosos entram em contato com a vítima alegando ter em mãos imagens ou vídeos íntimos da vítima obtidos através de hackers ou vírus de computador. Eles ameaçam divulgar o material publicamente, a menos que a vítima pague um resgate.
  • Golpe do boleto falso: os criminosos enviam boletos bancários falsificados para a vítima, alegando que ela deve um pagamento a uma empresa ou serviço. Eles ameaçam tomar medidas legais ou divulgar informações constrangedoras da vítima caso o pagamento não seja feito.
  • Golpe do Ransomware: os criminosos invadem o computador ou sistema da vítima e criptografam seus arquivos, exigindo um pagamento em troca da chave de descriptografia.
  • Golpe do pacote suspeito: os criminosos enviam um pacote para a vítima contendo um item suspeito, como drogas ou objetos roubados. Eles entram em contato com a vítima e exigem um pagamento em troca da não divulgação do ocorrido.
  1. Falsos sites de compras: 

Esses golpes envolvem a criação de sites de compras falsos que parecem legítimos, mas na verdade são uma tentativa de obter seu dinheiro ou informações pessoais.

Nas redes sociais este golpe também é bastante comum! Os golpistas criam perfis falsos no Facebook ou no Instagram, que parecem ser de uma loja legítima, e oferecem produtos com preços muito baixos. Eles pedem que os usuários façam o pagamento antecipado, mas depois de receber eles desaparecem e não entregam o produto.

  1. Golpes de dinheiro fácil: 

Neste tipo de armação, os golpistas criam perfis falsos e prometem maneiras de ganhar dinheiro facilmente. Eles pedem que os usuários paguem uma taxa adiantada para participar de um esquema de enriquecimento rápido, mas o esquema é falso e os usuários acabam perdendo dinheiro.

Estes golpes podem envolver a oferta de empréstimos com taxas de juros muito baixas ou sem verificação de crédito, ou ainda, prêmios em dinheiro. Eles geralmente exigem que você pague uma taxa adiantada para obter o empréstimo/prêmio, mas depois desaparecem sem entregar o dinheiro. 

Programa Indicação Premiada da IBI TELECOM. Cliente IBI ganha R,00 por indicação concluída e quem contrata por indicação ganha R,00.
Cliente IBI TELECOM recebe R$50,00 por indicação concluída e quem contrata por indicação ganha R$25,00.

Quais os principais golpes aplicados através do instagram?

Além do Phishing, dos golpes de dinheiro fácil e das falsas páginas de compra, existem outros golpes aplicados através do Instagram. Alguns dos mais comuns incluem:

Cuidado com os golpes da internet!
  1. Golpes de sorteio: 

Neste tipo de situação, os golpistas criam perfis falsos e prometem sorteios de produtos de luxo, como roupas, sapatos ou eletrônicos. Para participar, eles pedem que os usuários sigam o perfil, marquem amigos nos comentários e compartilhem o post para participar do sorteio. No entanto, o sorteio é falso e os usuários acabam perdendo tempo e sendo expostos a outros golpes.

  1. Golpes de investimento: 

Aqui os golpistas criam perfis falsos que parecem ser de um corretor de investimentos legítimo e oferecem oportunidades de investimento com altos retornos. Eles pedem que os usuários transfiram dinheiro para uma conta bancária específica, mas depois desaparecem e não entregam o retorno prometido.

Se você suspeitar de algo, não hesite em denunciar o perfil e entrar em contato com o Instagram para relatar a atividade suspeita.

E, pelo Whatsapp? Quais os principais golpes aplicados?

Pelo app de conversas mais popular do Brasil, o Whatsapp, também é possível acontecer golpes como o phishing, para roubar dados, ou golpes de dinheiro fácil dos mais diversos tipos.

Golpes pelo WhatsApp também são muito comuns.

Muitas vezes, isso acontece através de um perfil falso, que parece ser de algum conhecido. Portanto, é preciso estar atento para se proteger. Existem diversos golpes aplicados através do WhatsApp. Veja agora os golpes mais comuns:

  1. Golpe do código de verificação: 

Os golpistas criam um perfil falso do WhatsApp e enviam uma mensagem para a vítima pedindo o código de verificação de seis dígitos. Ao fornecer o código, a vítima dá acesso à sua conta do WhatsApp e os golpistas podem usá-la para enviar mensagens fraudulentas em seu nome.

  1. Golpe do falso suporte técnico: 

Os golpistas se passam por suporte técnico do WhatsApp e enviam uma mensagem para a vítima informando que há um problema com a conta dela. Eles pedem informações pessoais, o código de verificação e/ou de pagamento para "resolver" o problema, mas na verdade estão roubando informações da vítima.

  1. O golpe da clonagem de perfil no WhatsApp:

Esta é uma fraude em que os golpistas clonam o número de telefone e o perfil do aplicativo de mensagens da vítima para roubar informações pessoais e financeiras. Geralmente, o golpe começa quando a vítima recebe uma mensagem de um contato conhecido no WhatsApp, alegando que precisa de um código enviado por SMS para reativar sua conta ou para verificar algo. 

Esse código, na verdade, é o código de ativação do WhatsApp que a vítima deve inserir para configurar o aplicativo em um novo dispositivo. Quando a vítima fornece o código, os golpistas podem clonar o número de telefone e o perfil do WhatsApp da vítima e, assim, acessar suas conversas e contatos. Eles então podem enviar mensagens para os contatos da vítima, pedindo dinheiro emprestado ou informações pessoais e financeiras.

  1. Golpe do empréstimo falso: 

Os golpistas entram em contato com a vítima e oferecem um empréstimo com juros baixos e sem burocracia. Eles pedem que a vítima pague uma taxa adiantada para "liberar" o empréstimo, mas na verdade estão roubando dinheiro da vítima.

  1. Golpe do falso emprego: 

Os golpistas entram em contato com a vítima e oferecem uma vaga de emprego. Eles pedem que a vítima pague uma taxa adiantada para "garantir" a vaga, mas na verdade estão roubando dinheiro da vítima.

  1. Golpe do boato: 

Os golpistas criam boatos falsos e os espalham através do WhatsApp. Eles usam títulos sensacionalistas e informações enganosas para atrair a atenção da vítima e induzi-la a clicar em um link malicioso.

Para evitar esses golpes, é importante verificar a autenticidade da fonte antes de fornecer informações pessoais ou financeiras. Desconfie de mensagens que pedem códigos de verificação ou informações confidenciais. Não clique em links suspeitos e não compartilhe informações sem verificar a sua veracidade. 

Portanto, nunca compartilhe o código de ativação do WhatsApp com ninguém. Além disso, é importante também manter o aplicativo atualizado e configurar a autenticação em duas etapas no aplicativo, para aumentar a segurança da conta. 

Se você suspeitar que sua conta do WhatsApp foi clonada, entre em contato com a empresa imediatamente e informe seus contatos sobre a possível fraude.

Como se proteger de golpes na internet?

Agora que nós já conhecemos os principais golpes que acontecem na internet, é importante também saber como evitá-los. Existem várias medidas que você pode tomar para se proteger de golpes na internet. 

Cuidado com os golpes na internet!

Para se proteger desses golpes, é importante estar sempre vigilante, verificar a autenticidade de qualquer e-mail ou site antes de fornecer informações pessoais ou financeiras, e nunca enviar dinheiro ou informações pessoais para alguém que você não conhece ou não confia.

Abaixo, vamos dar um passo-a-passo para você se proteger dos golpes virtuais:

  1. Verifique a identidade da pessoa com quem você está falando

Para garantir sua segurança na internet é imprescindível verificar a identidade da pessoa que entra em contato, não fornecer informações pessoais ou financeiras a desconhecidos e nunca permitir acesso remoto ao seu computador, a menos que você tenha certeza de que é legítimo.

  1. Fique atento às URLs 

Verifique se o endereço do site começa com "https://" (o "s" significa "seguro"). Verifique, também, se o endereço da página que você está entrando está escrito corretamente. Muitas vezes os golpistas criam páginas visualmente muito parecidas com a página da loja que você está buscando. A diferença está na URL.

  1. Cuidado com links desconhecidos 

Isto é importantíssimo! Não clique em links que você recebeu por e-mail, mensagens instantâneas ou redes sociais, se você não conhece a pessoa que o enviou. Se você receber links de contatos conhecidos, especialmente se parecerem suspeitos, confirme com a pessoa que o enviou, antes de clicar nele.

Além disso, é recomendável não abrir e-mails ou mensagens suspeitas de remetentes desconhecidos ou baixar arquivos de fontes não confiáveis. 

  1. Use senhas fortes 

Senhas muito óbvias ou que utilizam dados pessoais são sempre frágeis. Crie senhas fortes, misturando letras maiúsculas, minúsculas, números e símbolos. Evite usar senhas fáceis de adivinhar, como datas de aniversário ou nomes de familiares.

  1. Mantenha seus softwares atualizados 

Para evitar esses golpes, é importante manter o computador e dispositivos móveis atualizados e protegidos com programas antivírus. Mantenha seu sistema operacional, antivírus e outros programas de segurança atualizados com as versões mais recentes. As versões atualizadas sempre são mais difíceis de serem invadidas pelos golpistas.

  1. Não compartilhe informações pessoais 

Evite compartilhar informações pessoais, como seu número de CPF, cartão de crédito ou senha, a menos que seja absolutamente necessário e você tenha certeza de que está em um site confiável.

  1. Use ferramentas de segurança 

Use ferramentas de segurança, como antivírus, firewall e bloqueadores de pop-up, para proteger seu computador ou dispositivo móvel. 

Se você é dono de empresa na região do Leste Mineiro e do Vale do Aço, conte com as soluções em cibersegurança da IBI TELECOM!

  1. Desconfie de ofertas de dinheiro fácil

Ofertas que parecem muito boas para ser verdade, geralmente não são mesmo! Pelo menos na internet! Se uma oferta parece boa demais para ser verdade, provavelmente é uma armadilha.

  1. Eduque-se!

Aprenda mais sobre os tipos de golpes que existem na internet e como evitá-los. Esteja sempre atento a novos golpes e atualize suas práticas de segurança on-line conforme necessário.

Sempre denuncie qualquer atividade suspeita às autoridades competentes!

Seguindo essas dicas, você pode ajudar a se proteger e a proteger seus contatos de golpes on-line, mantendo-se seguro na internet.

Os melhores planos de internet fibra ótica do Vale do Aço e do Leste Mineiro
Os melhores planos de internet fibra ótica da região
Compartilhe esse conteúdo nas suas redes sociais:
Suporte Técnico
Iniciar conversa
Contratar
Olá 👋 Quer CONTRATAR seu plano de internet FIBRA ÓTICA? Fale comigo!